O remarketing é uma das maneiras mais eficazes de alcançar as pessoas que visitaram seu site ou contataram sua marca. Ele permite que você os lembre de suas ofertas e os motive a comprar.

Mas como configurar o remarketing de forma eficiente? Quais são as regras a seguir?

Descrevemos anteriormente as práticas recomendadas e dicas a seguir ao configurar sua campanha de remarketing no Google Ads. Este artigo expandirá ainda mais este tópico e cobrirá 4 estratégias de remarketing para diferentes tipos de bancos de dados de clientes.

 

Compreendendo o básico

Existem duas maneiras principais de coletar um público para remarketing:

  • Banco de dados de cliente existente
  • Dados de público coletados de seu site

 

Existem várias maneiras de segmentar sua base de clientes, definindo condições diferentes; vamos falar sobre eles abaixo. Para configurar campanhas de remarketing no Google e no Facebook, você precisará instalar um código de rastreamento do Google Analytics e o pixel do Facebook em seu site. Além disso, certifique-se de definir metas e e-commerce se você tiver uma loja online.

 

Segmentando um público

A segmentação de audiência é uma etapa crucial para uma campanha de remarketing bem-sucedida. Existem muitas maneiras de construir segmentos exclusivos para objetivos diferentes. Por exemplo, para uma loja online, você pode criar segmentos com base no comportamento dos visitantes do site:

 

  • Visitou o site
  • Baixou um catálogo
  • Viu um certo produto
  • Adicionou um item ao carrinho
  • Preenchido em um formulário
  • Fez uma compra

 

Se, por exemplo, você precisa criar um público de remarketing para um salão de beleza, é possível construir segmentos com base nas seguintes condições: visitou o site, mostrou interesse em serviços específicos (por exemplo, uma manicure), chamadas (dados de rastreamento de chamadas ), inscreveu-se em serviços online, perguntou algo em um chat, etc.

Além disso, as plataformas de web analytics permitem gerar segmentos com base nos dados do usuário (localização, sexo, idade, interesses) e dados do dispositivo (tipo de dispositivo, navegador, sistema operacional, etc.). A base de clientes pode ser segmentada pelo valor médio de compra, produto / serviço adquirido, data de compra, gênero, etc. Essa análise e segmentação permitem entender melhor o público-alvo real e usar esses dados para campanhas de remarketing eficazes.

 

Personalização

Estratégias como "mostrar o mesmo anúncio para todos" não funcionam bem. Anteriormente, poderia ser possível vender seu produto a um preço médio, mas não vai funcionar mais. Agora, apenas produtos com uma demanda maior do que o normal têm alguma esperança de vender bem.

Além disso, o preço deve ser justificado pelo valor e os anúncios devem ser direcionados ao público certo. Isso significa que os anúncios devem ser tão personalizados quanto possível e exibidos no momento certo. Sabemos que é possível construir vários segmentos. A próxima etapa é criar uma oferta única para cada segmento. Isso permitirá que você alcance o cliente sem propaganda irritante e obsessiva de produtos de que ele não precisa no momento.

Você já ouviu falar sobre "Duração do público de remarketing"? Esse é o tempo durante o qual você pode exibir anúncios personalizados para um público de remarketing. Não existem fórmulas exatas para isso. Alguns especialistas aconselham mostrar o mesmo anúncio com a frequência máxima ao longo do ano; outros recomendam a troca constante de criativos ou a desativação de anúncios por segmento. Certifique-se de testar essas estratégias para encontrar a que melhor se adapta a você.

 

Estratégia # 1

Veicule anúncios para todos os visitantes do site da mesma maneira, sem limites de tempo. Não é o melhor plano, mas funciona para sites com menos de 200-300 visitantes diários. Não faz sentido dividir tal público em pequenos segmentos porque isso resultará em cobertura mínima. Mas mesmo nesse cenário, aconselhamos você a determinar o tempo médio para tomar uma decisão de compra desde o momento da primeira visita ao site (você pode encontrar isso no relatório do Google Analytics).

 

Estratégia # 2

Alcance todos os visitantes do site da mesma forma, exceto aqueles que deixaram um pedido ou fizeram uma compra. Se um usuário atingiu o objetivo pelo qual acessou seu site, é lógico parar de exibir anúncios para ele. Segmentos criados podem e devem ser excluídos desta tática.

 

Estratégia # 3

Se o seu site recebe milhares de visitantes, lance campanhas de publicidade de remarketing usando cenários exclusivos com ofertas personalizadas e por tempo limitado.

 

Exemplo:

Não sabemos o verdadeiro motivo pelo qual um usuário sai do site, então tentamos uma abordagem de remarketing mais complexa. Nas primeiras duas semanas, encontramos esse usuário com um anúncio: "Procurando por especialistas de Google Ads? Podemos ajudar!".

O plano era mostrar a eles outro criativo, caso não convertessem em uma semana. A mensagem seria: "Oferta pessoal, desconto de 30% na criação da campanha Google Ads! O desconto é válido por 1 semana. Saiba mais."

O usuário ainda não enviou uma solicitação, então o trazemos ele de volta: "Se você quer criar suas próprias campanhas, baixe um guia passo a passo gratuito escrito por especialistas"

Essa abordagem garantiu que os leads não ficassem incomodados com anúncios intrusivos e comprassem quando estivessem prontos.

 

Estratégia # 4

Para essa estratégia, usaremos a base de clientes existente e segmentaremos os clientes pelos produtos e serviços que adquiriram. É necessário responder à pergunta: são possíveis vendas repetidas ou vendas de produtos adicionais em seu mercado? Se sim, você pode criar cenários únicos para diferentes segmentos com diferentes durações. Por exemplo, destaque aqueles que compraram câmeras profissionais no mês passado. Digamos que uma certa porcentagem desses clientes em breve precise de lentes, luzes, tripés e outros equipamentos mais potentes. No entanto, eles não vão comprar tudo de uma vez porque leva tempo para tomar uma decisão. Vale a pena lançar tal anúncio precisamente um mês após a compra.

 

Para Concluir

Para escolher o cenário de remarketing certo, estude seu produto, seus recursos, público-alvo e concorrentes. Tente motivar os usuários a comprar usando ofertas personalizadas e não se esqueça de direcioná-los para compras repetidas. Além disso, lembre-se de limitar a duração de sua campanha de remarketing e excluir segmentos desnecessários. Boa sorte!

Marketing Specialist